Granjas sem resíduos

Existem muitas famílias camponesas que incorporam diferentes técnicas de gerenciamento, convertendo assim o lixo em matéria-prima, otimizando o uso de recursos. A implementação e uso de biodigestores é muitas vezes um passo importante na estrada para a fazenda agroecológica.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2Kqy7An

Responsável: Asociación Nueva Vida

Local de implementação: Latacunga

Contato

E-mails:

Descrição

A Associação de Mulheres Nueva Vida foi criada em 2011, tem seu status legal e reúne 20 mulheres que vivem na área rural da aldeia El Palmar, no oeste da província de Latacunga, no Equador. A maioria das mulheres começou a criar porcos e peixes nas pequenas fazendas. Atualmente, elas têm em mente formar uma microempresa para fabricar panelas granuladas e geleia. As mulheres do grupo foram capazes de obter, no início, dois porcos de um programa de apoio. Ao longo do tempo, as mulheres do grupo receberam pequenos porcos, cria deste dote inicial. Hoje em dia, cada uma das famílias tem em média 5 porcos e o processo de venda é simples: a família apenas alerta o bairro quando abate um porco e vende as porções diretamente para as outras famílias. A criação de peixes começou da mesma forma, com a criação de tilápias. Então as mulheres incorporaram os peixes enquanto itens produtivos em suas fazendas familiares. O mesmo aconteceu com o reflorestamento, na forma de cortina quebra-ventos. Assim que a criação de porcos de nível familiar passou a funcionar, as famílias perceberam que a matéria fecal dos animais era um problema, uma vez que causam maus odores, atraem moscas e contaminam as águas das encostas. Com a assistência técnica das ONG FUNHABIT e Caritas Latacunga, algumas famílias vizinhas instalaram um biodigestor, com um investimento de aproximadamente 180 dólares. Essa inovação trouxe múltiplos benefícios. Passaram a produzir biogás que, conduzido por uma tubulação simples e atravessando uma válvula que regula a pressão do gás dentro do digestor, alimenta os fogões de cozinha. O tanque com matéria orgânica tem uma ligeira inclinação de tal forma que o digestor evacua gradualmente matéria e permite seu uso como adubo líquido.

Objetivos

Criar mecanismos e inovações na agricultura familiar que, ao mesmo tempo que aumentem a produtividade e o uso dos recursos e resíduos naturais, direcionem os cultivos familiares rumo à agroecologia.

Público-alvo

Mulheres, camponeses

Resultados

O gás produzido serve para aquecer água para café e ovos cozidos para alimentos. Existem casos, onde o gás é usado para a desinfecção do estábulo de animais. As hortas, desde que são fertilizadas com o lixo líquido do digestor, melhoraram o rendimento de sua produção em quantidade e qualidade. Graças à dinâmica do grupo das mulheres, a Associação “Nueva Vida”, as famílias incentivaram a introdução de inovações em sua fazenda, entre eles o biodigestor. As fazendas familiares estão no processo de conversão em direção à fazenda agroecológica, equilibrando a segurança e soberania alimentar com a venda de produtos alimentares saudáveis.

Temas