O mercado é a vizinhança

A produção de uma pequena láctea familiar, resultado de um processo de assentamento, tornou-se a base sólida de uma existência familiar. Após uma fase de experimentação no processamento de leite e na comercialização de derivados, a venda de iogurte na vizinhança foi priorizada. Toda a produção, quando sai da fazenda, praticamente já está vendida, antes mesmo de chegar ao mercado.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2Izi5PC

Local de implementação: Puerto Gaitán

Contato

E-mails:

Descrição

Raúl Cháves, com sua esposa Viviana e seus filhos, passaram por muitas dificuldades para obterem sua terra. Enganados no momento da compra de uma propriedade, decidiram fazer um pedido ao Estado colombiano para serem levados em consideração no Programa de Assentamento de Terras. As terras distribuídas faziam parte de uma fazenda de gado muito grande, confiscada pelo Estado por delitos de tráfico de drogas. Nos primeiros meses, a família começou a se instalar, cavar um poço e construir uma casa temporária. Hoje, após 8 anos, as pastagens desoladas se tornaram uma propriedade, com uma variedade de árvores, palmeiras, pomar, animais menores e gado leiteiro. A produção da fazenda é diversificada e em grande parte garante a alimentação da família. Mas a base da existência deles são as 30 cabeças de gado. Os ingressos monetários gerados pela família em grande parte dependem da venda de produtos lácteos. Como a venda de leite não era muito lucrativa, ou pelo menos não o suficiente para o sustento da família, o casal começou a tentar o processamento do leite. No início, foi produzida e vendida coalhada; então, mudaram para produção de queijo. Raúl e Viviana seguiram experimentando diferentes formas de processamento do leite até que finalmente vieram a produzir iogurte. Há muito tempo, produzem diariamente entre 20 e 30 litros de iogurte, com sabor das frutas da temporada. Ao longo do tempo, eles encontraram o ponto ótimo na elaboração deste derivados e de demais derivados de produtos lácteos. O que os difere de outros produtores é que raramente viajam ao mercado da aldeia para vender o produto. São principalmente as famílias vizinhas do assentamento que esgotam os estoques.

Objetivos

Criar um mercado para sua produção em sua vizinhança, sem necessitar se submeter às regras do mercado predatório.

Público-alvo

Comunidade consumidora

Resultados

A produção saudável e a venda a um preço acessível para a comunidade têm sido gratificante para a família. Analisando possibilidades de inserção no mercado, o casal não pensa em expandir a produção e entrar na lógica do mercado competitivo, pois isso significaria a necessidade de obter um certificado de saúde e preencher padrões orientados para a produção industrial, como rotular os frascos etc., além de terem que aumentar os preços. A família prefere vender seu iogurte de maneira artesanal, sem adicionar outros aditivos e conservantes e com um preço acessível à vizinhança.

Temas