O Congado e Suas Tradições

O “Congado e Sua Tradições: Conhecendo Nossas Origens” é um projeto criado a partir de uma questão relevante na atualidade: a dificuldade em se discutir e realizar práticas artístico-culturais sobre a cultura negra, principalmente nas escolas.

Nome da entidade ou responsável: Terno Moçambique Estrela Guia


Projeto Horizonte Verde

Com patrocínio do Programa Petrobras Ambiental (2013-2015), foi iniciado o projeto Horizonte Verde, voltado à reconversão produtiva de áreas com agricultura “corte e queima” para agricultura de baixo carbono com a implantação e apoio a produção de mudas, manejo de agroflorestas voltadas à produção de alimentos e valorização de sementes (açaí, cumaru, pequi e castanha-do-Pará).

Nome da entidade ou responsável: Instituto Socioambiental Floranativa


Fiando com Dignidade

Partindo de uma iniciativa coletiva pelo resgate cultural de um setor produtivo surge no caminho a aposta de construir um desenvolvimento que permita a comercialização de produtos artesanais de qualidade e, acima de tudo, com identidade local e produtiva.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2yThQzu

Nome da entidade ou responsável: Corpolienzo


Microcine: gestor de cultura e agenda nos territórios

A Rede de Microcines do Grupo Chaski, nascida no calor dos esforços de cineastas com visão social, se constituiu como uma rota alternativa para a exibição de um cinema que entretém, emociona e faz pensar, facilitando a difusão popular de conteúdos para uma comunicação verdadeira. Os “micro-cinemas”, situados em 9 regiões do Peru, pouco a pouco vão convertendo-se em associações culturais locais que produzem cinema comunitário e formam cronistas e gestores, (re)construíndo identidade cultural a partir da realidade social de seu território.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2MyG0kT

Nome da entidade ou responsável: Grupo Chaski


mARTadero

O que começou com a recuperação do ex-matadouro municipal de Cochabamba, convertendo um lugar de morte em um centro de vida cultural, na atualidade resultou em uma experiência referência para a cultura e o desenvolvimento. Cultura não como distração, mas como elemento contextualizante e onde a inteligência criativa e trabalho colaborativo abrem caminho para “o futuro que queremos”, construindo narrativas próprias e se livrando das amarras do pensamento adquirido.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2KeTmWG

Nome da entidade ou responsável: Nodo Asociativo para el Desarrollo de las Artes (NADA)


Pukyu Pamba – Vivência Intercultural

O turismo vivencial ou vivência intercultural praticada por empreendimentos familiares e associativos permite à comunidade Karanquis de San Clemente, no norte dos Andes equatorianos, viajar pelo mundo estando em casa, ao mesmo tempo que gera receitas que beneficiam ao coletivo. O visitante não fica no superficial de observar a paisagem, mas experimenta uma convivência pessoal com a cultura, o local, seu povo e a cosmovisão andina.

Confira mais informações sobre esta prática no Almanaque do Futuro: bit.ly/2IzDS9X

Nome da entidade ou responsável: Fondo Ecuatoriano Populorum Progressio (FEPP)


Selo Origens Brasil

Desenvolvido pelo IMAFLORA – Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola e pelo ISA – Instituto Socioambiental, o Selo Origens Brasil®, lançado em 2016, é um sistema de garantia que assegura a rastreabilidade da produção e relações comerciais éticas por meio de uma plataforma tecnológica de gestão da informação. Esta plataforma permite um controle interativo das informações das cadeias produtivas do território (produção, comercialização e indicadores de impacto).

Nome da entidade ou responsável: Imaflora - Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola


Recuperação de território indígena

A Operação Amazônia Nativa (OPAN) atua pelo fortalecimento do protagonismo indígena no cenário regional, valorizando sua cultura e seus modos de organização social através da atuação nas áreas de cultura, educação, saúde, economia e qualificação das práticas de gestão de seus territórios e recursos naturais, com autonomia e de forma sustentável.

Nome da entidade ou responsável: Operação Amazônia Nativa (OPAN)


Pacto das Águas

O Pacto das Águas promove alternativas de geração de renda às comunidades da Amazônia apoiando a estruturação das cadeias de produtos da sociobiodiversidade já utilizados pelas comunidades, assim como de outros potenciais existentes em suas terras. O Pacto desenvolve um projeto de mesmo nome, na região Noroeste de Mato Grosso e Leste de Rondônia, que tem como meta estimular e consolidar estratégias de desenvolvimento pautadas na manutenção da floresta e respeito à cultura das populações tradicionais.

Nome da entidade ou responsável: Pacto das Águas


Programa Liderar e Projeto Formar – capacitação na Amazônia

O IEB dedica-se a formar e capacitar pessoas, bem como fortalecer organizações nas áreas de manejo dos recursos naturais, gestão ambiental e territorial e outros temas relacionados à sustentabilidade na região da Amazônia brasileira. O IEB atua em rede, busca parcerias e promove situações de interação e intercâmbio entre organizações da sociedade civil, associações comunitárias, instâncias de governo e o setor privado. Como uma organização de ações educativas, incorpora os saberes de parceiros, as diferentes culturas e as técnicas populares.

Nome da entidade ou responsável: Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB)