Fazer é Pensar: Que Cidade Queremos?

Para tentar promover o desenvolvimento sustentável da cidade de Porto Alegre, a ONG Cidade iniciou em 2015 o projeto “Fazer é Pensar: Que Cidade Queremos?”. Trata-se de uma série de iniciativas divididas em dez temáticas, que vão de Patrimônio Histórico e Planejamento Urbano até Resíduos Urbanos, para discutir e propor alternativas de desenvolvimento em Porto Alegre. O projeto também prevê o desenvolvimento de uma rede de articulação entre cidadãos, movimentos sociais, acadêmicos, profissionais e grupos em situação de vulnerabilidade socioeconômica.

Responsável: Cidade (Centro de Assessoria e Estudos Urbanos) e IAB-RS (Instituto de Arquitetos do Brasil)

Local de implementação: Porto Alegre (RS)

Contato

Telefones: (51) 3264-3386 /

Endereço: Rua Antão de Farias, 50 - Bom Fim

Site: http://www.ongcidade.org

E-mails: cidadeong@gmail.com

Descrição

Entendendo que a cidade se constrói por meio da prática cotidiana de seus cidadãos e da reflexão que estes fazem sobre seu espaço, o “Fazer é Pensar” propõe eventos, divididos em 10 temáticas, que abordam muitas das problemáticas urbanas atuais, tomando como ponto de partida a cidade de Porto Alegre. A proposta consiste ainda em eventos encadeados durante o ano que abordem tanto a teoria quanto a prática de cada temática. Neste processo, a temática de Patrimônio Histórico, por exemplo, pode ser abordada em debates mas também numa saída de campo. A temática “Resíduos” pode ser abordada em discussões mas também em mutirões para construção de composteiras ou visitas a centros de triagens. Todo o trabalho de organização dos eventos está, por sua vez, enraizado na aproximação de parceiros, pessoas, grupos, coletivos e organizações em busca da “cidade que queremos”.

Objetivos

O objetivo é articular pessoas e organizações para promover debates sobre “a cidade que queremos”, partindo não apenas da crítica da cidade atual mas também elaborando propostas baseadas nas experiências reais que estão transformando positivamente o meio e trazendo uma condição mais digna, justa e solidária à cidade.

Público-alvo

Público em geral

Resultados

O lançamento da proposta em 2015 debateu as temáticas de Resíduos Urbanos, Mobilidade Urbana, Cultura e Patrimônio Histórico. Foram elaborados encaminhamentos, subtemas e propostas de atividades para cada temática entre os presentes. Por isso, além de discutir as alternativas em curso, a rede é fundamental para aproximar grupos com as mesmas necessidades ou com trabalhos e perspectivas complementares, fortalecendo o desenvolvimento sustentável da cidade.

Temas